Secretaria da Saúde orienta sobre vacinação contra febre amarela

Devido ao início do período de férias, a Prefeitura de Salto, por meio da Secretaria da Saúde, reforça as orientações sobre a vacina contra febre amarela. A vacina é indicada principalmente para pessoas que vivem ou se deslocarão para áreas endêmicas e/ou de risco.
Desde setembro deste ano, com a publicação da Resolução SS68 de 25/09/2018, da Secretaria de Estado da Saúde, todos os municípios do Estado de São Paulo entraram como área de recomendação e a vacina entrou para a rotina para crianças no calendário de vacinação aos nove meses de idade. Outras faixas etárias, adultos e idosos não vacinados, podem ser vacinados em qualquer tempo sendo que a administração é em dose única, e no caso de idosos acima de 60 anos depende de avaliação médica.
A vacina também é indicada para que pretende viajar para alguns países da América Latina e África. Ainda, para viagens internacionais é preciso emitir o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) – carteira internacional de vacinação -, que é emitida exclusivamente nos portos e aeroportos nas unidades da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
A vacinação é realizada em todas as Unidades Básicas em dias alternados, de modo que todos os dias uma ou mais unidade de saúde disponibilizam a vacina para a população. Esta opção por apenas um dia de atendimento em cada unidade ocorre para ter um melhor aproveitamento das doses, visto que o frasco de vacina é multidoses e após aberto a vacina tem validade de apenas seis horas.
A Prefeitura informa que as Unidades Básicas de Saúde administram a vacina mediante fornecimento das doses pela secretaria de Estado da Saúde. Em Salto, devem se vacinar somente aquelas pessoas que irão se deslocar para regiões endêmicas.

 

Compartilhe esta notícia:
Fechar Menu