Projeto Idoso em Foco desenvolve ações educativas e de combate à violência

A Prefeitura de Salto, por meio da Secretaria de Ação Social e Cidadania, iniciou o Projeto “Idoso em Foco”, que trata do desenvolvimento de ações educativas para abordar e combater a questão da violência e maus tratos às pessoas idosas do nosso município. Este projeto é resultado de um edital de projetos da Secretaria de Desenvolvimento Social do Governo do Estado de São Paulo, através do Conselho Estadual do Idoso com a Prefeitura Municipal e do Conselho Municipal da Pessoa Idosa.

Na manhã de terça-feira (06), no Cras Jd. Santa Cruz, os idosos participaram de uma dinâmica de autoconhecimento para gerar a reflexão sobre quem são. Depois realizaram a dança sênior que é realizada em todos os encontros, assim como o Canto e Coral.

O Prefeito Geraldo Garcia esteve presente na atividade, juntamente com a secretária da Ação Social e Cidadania, Cristiane de Souza Vitório e comentou sobre a forte presença feminina nesses encontros. “Quero parabenizar a garra e a força dessas mulheres e todo o engajamento própria vida e sociedade. Isso faz toda a diferença nas transformações positivas”, destacou o Chefe do Executivo.

Entre as ações previstas estão: atividades dentro dos Centros de Centro de Referência da Assistência Social (Cras) para divulgação de informações sobre direitos da pessoa idosa, bem como valorização e fortalecimento de vínculos familiares e sociais, através de ações abordem e combatam a questão da violência e garantam o direito à cidadania: qualidade de vida, dignidade, bem-estar e participação social, garantindo conhecimento sobre as diversas formas de violência e negligência e acesso aos canais de denúncia. As atividades que estão sendo desenvolvidas para as pessoas idosa nos Cras, do Conselho Municipal da Pessoa Idosa (CMPI) com a realização de encontros, oficinas de canto coral e dança sênior, atividades em grupos que proporcionem o alcance dos objetivos a partir dos seguintes eixos temáticos: “2018: Ano de valorização de defesa dos direitos humanos da pessoa idosa e dos 15 anos do Estatuto do Idoso”, “Como identificar negligências e violências contra Pessoa Idosa e quais os canais para ajuda e denúncia”, “Qualidade de vida e entretenimento: dança sênior e canto coral”.

Outra peça que faz parte deste projeto é o Guia de Direitos da Pessoa Idosa com a edição de 500 exemplares. O conteúdo aborda os principais direitos sociais, informações sobre toda a rede de serviço público e privado à pessoa idosa e todos os canais de denúncia que serão distribuídos nas atividades.

Seminário Municipal

O Conselho Municipal da Pessoa Idosa realiza no dia 28 de novembro, o I Seminário Municipal da Pessoa Idosa, na Sala Giuseppe Verdi, das 13h às 17h. Na oportunidade, serão ministradas duas palestras com especialistas em envelhecimento, uma mesa redonda sobre a rede intersetorial no enfrentamento da violência contra a pessoa idosa com as profissionais que estão realizando as atividades do projeto nos Cras (psicóloga, gerontóloga e assistente social), além da apresentação das Oficinas de Canto Coral e Dança Sênior dos idosos. O seminário será aberto à toda a população.

Calendário de atividades em andamento nos CRAS

Às terças-feiras  
Dias 06-13-20-27 de novembro
7h – Cras Jd. Nações
9h – Cras Jd. Santa Cruz
14h – Cras Jd. Salto de São José

Às quartas-feiras
Dias 07-14-21-28 de novembro
14h – Cras Jd. Independência

Às sextas-feiras
Dias 09-16-23-e 30/11
8h30 – Cras Jd. Saltense

Sobre o convênio

Em junho, o Prefeito de Salto, Geraldo Garcia, assinou o termo no Palácio dos Bandeirantes junto à Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado, para trazer os investimentos e viabilizar projetos voltados à pessoa idosa.

A assinatura contou com a presença do então governador Geraldo Alckmin e foi acompanhada pela secretária da Ação Social e Cidadania, Cristiane Vitório, a chefe de gabinete Sandra Leme, a coordenadora de Políticas Públicas, Cecília Mezzalira, o presidente do Conselho Municipal do Idoso, Valien Garcia, e a vice, Zulmira Betiol.

O convênio faz parte programa São Paulo Amigo do Idoso e o município será subsidiado com o valor de R$ 29.300,00. O projeto inscrito pela Secretaria da Ação Social e Cidadania tem o objetivo de assegurar os direitos sociais da pessoa idosa por meio de ações que abordem e combatam a questão da violência e maus tratos.

Comments are closed